cornetas-automotivas-guia-completo

No assunto de hoje falaremos sobre as populares e muito requisitadas cornetas automotivas. Vamos falar sobre os tipos de cornetas para som automotivo que estão disponíveis no mercado atual e sobre as característica de cada uma delas.

Antes de mais nada, é necessário definir o que é exatamente uma corneta.

Diferentemente do que muitas pessoas dizem, a corneta não é um alto-falante, nem mesmo um acessório. A corneta é um componente, indispensável para os drivers, que serve para aumentar a eficiência e direcionar o som maximizando seu rendimento. O que geralmente acontece é as pessoas definirem a corneta como o conjunto driver + corneta num sistema de som automotivo. Não deixa de estar certo, porém é importante saber que o termo corneta se refere ao componente frontal que é parafusado ou rosqueado no driver de som.

Atualmente existem vários tipos de cornetas, mas as mais conhecidas são as cornetas curtas, longas, caneco, jarrão, caldeirão e guia de ondas. Veja as características principais,os prós e contras de cada uma delas (você pode acessar o produto que está aparecendo no carrossel para ir direto à página da loja Premier Shop com um clique sobre a imagem):

Cornetas Curtas:

Tamanho: variável mas geralmente 15cm de diâmetro por 13,5cm de profundidade aproximadamente;
Tipo: Quadrada, redonda ou retangular;
Material: Plástico;
Instalação: Para drivers de rosca de 1″;
Prós: Atualmente uma das mais baratas do mercado; fácil instalação;
Contras: Diminuição de eficiência e possíveis distorções por conta da vibração do plástico;
Indicação: Para trios de pequeno porte, para ouvir de perto.

Cornetas Longas:

Tamanho: 15cm de diâmetro por 25cm de profundidade aproximadamente;
Tipo: Redonda ou retangular;
Material: Plástico ou Metal;
Instalação: Para drivers de rosca de 1″;
Prós: Baixo custo; fácil instalação;
Contras: Eficiência prejudicada e possíveis distorções por conta da vibração do plástico (exceto para as cornetas de metal);
Indicação: Para trios de pequeno e médio porte, para ouvir de longe.

Cornetas Caneco:

Tamanho: geralmente 15cm de diâmetro por 13,5cm de profundidade mas pode variar;
Tipo: Redonda;
Material: Plástico ou Metal;
Instalação: Para drivers de rosca de 1″ ou de parafuso de 2″;
Prós: Qualidade sonora superior e durabilidade prolongada (cornetas de metal);
Contras: Custo elevado;
Indicação: Para trios de médio porte, para ouvir de perto.

Cornetas Jarrão:

Tamanho: 23cm de diâmetro por 29cm de profundidade podendo variar (nas cornetas redondas);
Tipo: Redonda, oval ou retangular;
Material: Plástico, Fibra de Vidro ou Metal;
Instalação: Para drivers de rosca de 1″ ou de parafuso de 2″;
Prós: Som encorpado e material resistente;
Contras: Custo elevado, poucos modelos disponíveis;
Indicação: Para trios de médio e grande porte, para ouvir de longe.

Cornetas Caldeirão:

Tamanho: 29cm de diâmetro por 32cm de profundidade (aproximadamente);
Tipo: Redonda;
Material: Metal;
Instalação: Para drivers de parafuso de 2″ ou através de adaptador para rosca de 1″;
Prós: Maior SPL, qualidade superior e durabilidade prolongada;
Contras: As mais caras do mercado em sua maioria;
Indicação: Para trios de médio e grande porte, para ouvir de longe.

Cornetas Guia de Ondas:

Tamanho: varia de acordo com o modelo;
Tipo: Quadrada ou retangular;
Material: Plástico ou Metal;
Instalação: Para drivers de parafuso de 2″ ou rosca de 1″;
Prós: Maior SPL, qualidade superior e durabilidade prolongada;
Contras: As mais caras do mercado em sua maioria;
Indicação: Para trios de médio e grande porte, para ouvir de longe. Também para sistemas de PA com line-array.

Diz pra gente, qual é a sua preferida entre as cornetas citadas acima? Tem alguma sugestão, crítica ou elogio? Deixe um comentário abaixo e participe do blog.

Nos vemos no próximo post, até lá!